Junho 2020 ~ MISSÕES CRISTÃO

Receba no Seu E-mail estudos de acompanhamento Cristão

1. Deus Ama Você !

A BÍBLIA diz, "Porque Deus amou o mundo tanto, que deu o seu único Filho, para que todo aquele que nele crer não vá para o inferno, mas tenha a vida eterna".




LEVANDO A SÉRIO A MENSAGEM DE CRISTO


LEVANDO A SÉRIO A MENSAGEM DE CRISTO

"Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi, e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça" (Jo 15.16)


O texto acima indica que temos uma grave responsabilidade que é levar a sério a mensagem de Jesus Cristo, nosso Salvador, e levá-la a todo aquele necessitado da salvação eterna: levá-la a todo o nosso país. Naturalmente, quando pensamos em levar Cristo a todo o Brasil, temos que refletir sobre o relevante fato de está em nosso coração, lábios e atitudes a mensagem de que nosso povo precisa.

A MENSAGEM DE QUE O BRASIL PRECISA

Que mensagem é essa que precisamos passar para todo o país? Em 1Coríntios 1.23 está dito: "Nós pregamos a Cristo crucificado". À luz dessa afirmação, qual, portanto, a nossa mensagem? O Cristo crucificado.

Na verdade, não temos outra pregação, a não ser a de Jesus Cristo que é a Luz do mundo! Cristo que é a Paz do mundo! O Senhor Jesus que é a Vida para este mundo! A nossa proclamação, portanto, é a Sua vida, Seu ministério, Sua cruz, morte e ressurreição.

O mundo vive perigosamente tateando no escuro. É só observarmos os jornais de apenas um dia, e teremos a prova do que foi afirmado: conflitos no Oriente, guerrilhas na América do Sul, situação problemática dentro de nosso próprio país com verdadeiras batalhas civis. Enfim, o mundo vive numa afanosa busca de esperança. A nós cabe dizer que a paz e a salvação são possíveis, assim como a libertação dos pecados e dos temores em relação ao incerto futuro. Aos crentes compete proclamar que Jesus Cristo salva de uma vez para sempre aquele que O recebe com fé completa. O hino 447 do hinário Cantor Cristão diz com extrema clareza e simplicidade, 


1. "Não te importa se algum dos amigos morrer sem ter conhecimento de Cristo? Deixas que no juízo ele venha a dizer: "A mim nunca falaram de Cristo"?

2. Não te importa que as almas preciosas a Deus, Oh! não sejam levadas a Cristo?! Pois dirão quando vier outra vez: "A nós nunca falaram de Cristo!"

Que isso não aconteça conosco! Que não sejamos acusados naquele dia de nunca termos anunciado a mensagem libertadora de Jesus Cristo: que Jesus salva de uma vez e para sempre, e de um modo integral e sem reservas. O apóstolo Paulo até colocou na Carta aos Colossenses: "A eles Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós, esperança da glória. A ele anunciamos, admoestando a todo homem, e ensinando a todo homem em toda a sabedoria, para que apresentemos todo homem perfeito em Cristo" (1.27,28).

No nascimento de Jesus, a boa notícia foi dada nestes termos: "Não temais. Eu vos trago novas de grande alegria, que o será para todo o povo. Na cidade de Davi vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor" (Lc 2.10,11). Quando lemos sobre o Seu ministério, também essa poderosa mensagem tem uma descrição. Ao perguntar Jesus aos apóstolos a opinião dos homens sobre Ele, Pedro O descreveu do modo seguinte: "Tu és o Cristo, o Filho do Deus Vivo" (Mt 16.16). Pedro, na verdade, expressou: "Aquele por Quem nosso coração ansiava; Aquele Cuja promessa vem desde o tempo dos profetas; Tu és Ele: o Messias, o Cristo, o Filho do Deus Vivo!" (cf. 1Jo 4.14).

Encontramos acerca da Sua morte uma descrição

"Vemos, porém, aquele que foi feito um pouco menor do que os anjos, Jesus, coroado de glória e de honra, por causa da paixão da morte, para que pela graça de Deus, provasse a morte por todos. ... Temo-nos tornado participantes de Cristo, se é que guardamos firme até o fim a confiança que desde o princípio tivemos. Enquanto se diz: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações, como na provocação" (Hb 2.9,14,15).

É dessa mensagem que nosso povo necessita! A mensagem de que não há necessidade de ter medo! Medo da morte? Nós rimos da morte porque sabemos que nossa esperança é Cristo; sabemos que nossa paz é Cristo, e que nosso futuro reside no Salvador!

Essa é a mensagem que temos de anunciar, a da soberania de Deus. O Brasil não conhece a sabedoria de Deus. Pensa que conhece a sabedoria dos deuses pagãos. Há algum tempo, o Caderno Idéias do Jornal do Brasil trouxe uma entrevista intitulada "A Bahia não tem sincretismos". Foi concedida por Pierre Verger, antropólogo francês hoje falecido, e que vivia nesta cidade do Salvador.
Ele, professor universitário, com grau de doutor, era adepto do candomblé. Na entrevista, faz uma análise das perguntas que lhe foram colocadas, e no meio deuma das respostas destaca o seguinte: "Na Bahia não existe sincretismo, não; porque o que é de terreiro é de terreiro, e o que é de catolicismo é de catolicismo". Na realidade, todos sabemos que sincretismo é a alma da terra baiana. Com todas as letras.

O Brasil precisa conhecer o Deus que é Soberano, Senhor, e exerce a Sua vontade sobre a terra e o povo do Brasil! Mensagem de restauração e de integridade! Aliás, nunca se viu tanta coisa fora de lugar em nossa terra: homens que têm vergonha de terem nascido homens; mulheres que perderam a sua característica mais bela, que é a feminilidade. Um programa de entrevistas da TV tinha como tema numa das tardes: "Meu filho é gay" Entre outras pessoas, apresentou um cidadão que trouxe seu filho, e uma senhora que também veio com o seu. Uma das mães dizia: "Desde que ele estava na pré-escola, já tinha essa tendência", e sorria. Mais adiante, a apresentadora disse, "No próximo bloco, vou apresentar uma senhora que tem dois filhos gays". E apresentou um rapaz e uma moça, ambos homossexuais. Desembaraçada a jovem, contando toda a sua história sem nenhum pejo ou vergonha na face.

Precisamos disponibilizar essa mensagem de restauração à nossa gente; intensificar não só a oração, assim como a pregação para que seja o nosso país fermentado pelas boas novas de Cristo.

LEVANDO A SÉRIO A ORDEM DE JESUS CRISTO

Pois é; a ordem é ir e anunciar Cristo, e é constante na Escritura Sagrada. No Evangelho de Marcos, a palavra de Jesus é "Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado" (16.15,16).

Temos uma ordem: Ir, pregar e batizar o que crer. Em Lucas está assim disposto: "Eis o que está escrito: o Cristo padecerá, e ao terceiro dia ressurgirá dentre os mortos, e em seu nome se pregará o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém" (24.46,47). A ordem é pregar o arrependimento para remissão dos pecados. Poderíamos dizer, "Começando por Brasília, e estendendo por todo o Brasil"; iniciando na Capital Federal, estender esse abençoado anúncio às outras áreas do país e do mundo.

Há outros comandos a esse respeito (cf. Rm 10.13-15; 2Tm 4.2a). É enorme o envolvimento missionário, uma verdadeira cadeia de responsabilidades: o mensageiro é o próprio Deus Pai através de Jesus, Seu Filho, o Qual, ao mesmo tempo, é mensageiro e mensagem.

O mensageiro é Jesus Cristo, que, através do Espírito Santo, fortalece, impulsiona, motiva e dirige a Igreja que é Seu Corpo nessa grande tarefa de transmissão da mensagem celestial e eterna (2Co 5.18-20).

A Bíblia diz que o mensageiro é o Espírito Santo, de Quem o próprio Senhor Jesus Cristo disse: "Quando vier o Consolador, que eu da parte do Pai vos enviarei, o Espírito da verdade, que procede do Pai, ele testificará de mim" (Jo 15.26).

Mas o mensageiro é a Igreja, que, através dos seus membros individuais, através, de mim, da irmã e do irmão também, testifica e fala de Jesus Cristo, e coopera com os céus na expansão do reino de Deus na terra (cf. Jo 15.27a). Assim, a Igreja recebe dos céus e repassa à terra. É nossa tarefa levar com seriedade Jesus Cristo a todo o Brasil. Ele olha para os crentes, e declara: "Eu vos escolhi a vós, e vos designei para que vades, e deis frutos, e o vosso permaneça" (Jo 15.16). Essa é a palavra do Senhor, Que espera que cada um leve a sério a sua missão como crente em Jesus Cristo, membro do Seu Corpo, parte da Sua Igreja.

Estamos falando de participação no plano de Deus, de fidelidade a um mandato do Senhor, de atuação integral à obra de expansão do Seu evangelho! Isso significa que esta missão deve acontecer enquanto temos ocasião para isso.

ENQUANTO HÁ OPORTUNIDADE

Dia vai chegar quando essa oportunidade não mais vai existir. No já citado hino 447 C.C., encontramos outra incisiva estrofe:

3. Não te cales jamais; pede a Deus graça, irmão, Para dar testemunho de Cristo; Pra ninguém no juízo exclamar com razão: "A mim nunca falaram de Cristo!"

Essa é a nossa oportunidade: levar a Cristo. Não podemos ficar omissos enquanto houver ocasião de anunciar a Cristo. A revista missionária A Pátria para Cristo (publicada pela Junta de Missões Nacionais da Convenção Batista Brasileira) trouxe muitos testemunhos relevantes. Um deles foi "Evangelho transforma a vida em presídio de segurança máxima em Salvador". Fala do extraordinário trabalho do S.O.S. Presídio na Penitenciária Lemos de Brito. Qual a maior necessidade de uma pessoa encarcerada, senão a de converter-se e transformar suas obras de trevas em obras de luz?

"A Igreja entre grades" é outro artigo que menciona igrejas em Salvador que têm dado apoio às Congregações que funcionam dentro dos presídios. Há quem não creia na conversão de quem está lá dentro. Um jornal da cidade de São Paulo publicou uma reportagem a respeito da influência da pregação evangélica. E com certa ironia, até, colocava o fato de que alguns marginais do passado hoje se declaram convertidos a Jesus Cristo, e que estas pessoas já estão ganhando outras vidas para Jesus. Ora, se é mentira ou não, se fazem para ganhar as boas graças da Direção do presídio ou do povo evangélico, Deus sabe o que se passa no coração deles. O Senhor dará no devido tempo a recompensa. Mas o fato é que há um trabalho a ser feito, vidas que devem ser resgatadas, e essas oportunidades surgem. Por isso, devemos anunciar a Jesus Cristo enquanto temos ocasião. Que o Senhor nos ajude, oriente e abençoe!


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

TRANSLATION

ESTATÍSTICA

Curta nossa Fan Page !


ACCESS DIGITAL PRODUCTS

ACESSAR PRODUTOS DIGITAIS

Baixar o livro (Que farei de Jesus), basta se cadastrar abaixo: você receberá no seu e-mail um link para fazer download.

Digite seu E-mail:

Delivered by FeedBurner

Deixe Aqui o seu Pedido de Oração

Labels