padre Fábio de Melo critica idolatria a Maria ~ MISSÕES CRISTÃO

padre Fábio de Melo critica idolatria a Maria




Foi o que Martinho Lutero fez, tirar as pessoas do engano e mostrar a verdade… Quem salva e é o único mediador entre Deus e os homens é somente Jesus… Maria era humana e não pode salvar ninguém… Depois que nasceu Jesus, Maria foi uma mulher comum que teve uma vida conjugal normal com José seu marido…  
Trecho Bíblico: 
E aconteceu que Jesus, concluindo estas parábolas, se retirou dali. E, chegando à sua pátria, ensinava-os na sinagoga deles, de sorte que se maravilhavam, e diziam: De onde veio a este a sabedoria, e estas maravilhas?  Não é este o filho do carpinteiro? e não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos Tiago, e José, e Simão, e Judas? Mateus 13:53-55
Fábio de Melo se diz com medo de o cristianismo ser “nivelado por baixo” no país e “a devoção mariana fora do seu lugar, tomando o lugar o Cristo”. Ele fez um apelo para a mudança de mentalidade, asseverando: “É Jesus que nos salva. É Jesus que nos resgata. É Cristo que nos liberta”.


Comentário Bíblico:
 
E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo. Do pecado, porque não crê em em mim; Da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais; E do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado. João 16:8-11
O Espirito Santo jamais vai deixar de lutar para convencer as pessoas dos seus pecados,  Pois é o Espirito Santo o único que pode abrir a mente espiritual de qualquer pessoa para que venha enxergar a verdade escrita na santa palavra de Deus que está mais elevado do que qualquer religião humana dessa terra.

Sua obra principal no tocante ao testemunho e a proclamação do evangelho será a de convencer do pecado, Este termo ``convencer`` significa: ´´expor´´ , ´´reprovar´´ , ´´refutar´´ , e ´´convencer´´ , do pecado.

1- Do pecado: O Espirito Santo desmascara e reprova a incredulidade e o pecado, a fim de despertar a consciência da culpa e da necessidade de perdão. Isto leva o pecador constantemente ao arrependimento. genuíno e a conversão a Jesus como seu Salvador e Senhor. 

2 - Da justiça: O Espirito Santo convence os homens de que Jesus é o santo filho de Deus que os torna consciente do padrão divino da justiça em Cristo. Esse padrão divino da justiça é confrontado contra o pecado e a pessoa recebe poder para vencer o mudanismo.  

3 - Do Juízo: Trata-se da obra do Espirito Santo ao convencer os homens da derrota de Satanás na cruz, do juízo atual do mundo  por Deus, do juízo futuro de todos os homens. 

A obra do Espirito Santo de convencer do pecado e da justiça e do juízo será manifestado em todos os crentes verdadeiramente cheios do Espirito Santo, Jesus testificou do mundo que suas obras são más e chamava os homens ao arrependimento do pecado.


Entre os comentários das redes sociais estão diversas críticas de católicos. “Este padre está falando por si, ele não está representando bem a igreja católica!”, disparou a internauta Beatriz Franco. Por outro lado, foi comemorada por evangélicos: “Ainda falta muito … Mas isso já é um grande sinal que as orações dos crentes em favor dos padres já está fluindo diante do trono de Deus”, escreveu o internauta Jairo Mello.



Você pode gostar de ler:

Um comentário:

  1. A FÉ HUMANA E A DIVINA

    No homem, a fé é o sentimento inato de seus destinos futuros; é a consciência que ele tem das faculdades imensas depositadas em gérmen no seu íntimo, a princípio em estado latente, e que lhe cumpre fazer que desabrochem e cresçam pela ação da sua vontade.
    Até ao presente, a fé não foi compreendida senão pelo lado religioso, porque o Cristo a exalçou como poderosa alavanca e porque o têm considerado apenas como chefe de uma religião. Entretanto, o Cristo, que operou milagres materiais, mostrou, por esses milagres mesmos, o que pode o homem, quando tem fé, isto é, a vontade de querer e a certeza de que essa vontade pode obter satisfação. Também os apóstolos não operaram milagres, seguindo-lhe o exemplo? Ora, que eram esses milagres, senão efeitos naturais, cujas causas os homens de então desconheciam, mas que, hoje, em grande parte se explicam e que pelo estudo do Espiritismo e do Magnetismo se tornarão completamente compreensíveis?
    A fé é humana ou divina, conforme o homem aplica suas faculdades à satisfação das necessidades terrenas, ou das suas aspirações celestiais e futuras. O homem de gênio, que se lança à realização de algum grande empreendimento, triunfa, se tem fé, porque sente em si que pode e há de chegar ao fim colimado, certeza que lhe faculta imensa força. O homem de bem que, crente em seu futuro celeste, deseja encher de belas e nobres ações a sua existência, haure na sua fé, na certeza da felicidade que o espera, a força necessária, e ainda aí se operam milagres de caridade, de devotamento e de abnegação. Enfim, com a fé, não há maus pendures que se não chegue a vencer.
    O Magnetismo é uma das maiores provas do poder da fé posta em ação. É pela fé que ele cura e produz esses fenômenos singulares, qualificados outrora de milagres.
    Repito: a fé é humana e divina. Se todos os encarnados se achassem bem persuadidos da força que em si trazem, e se quisessem pôr a vontade a serviço dessa força, seriam capazes de realizar ao que, até hoje, eles chamaram prodígios e que, no entanto, não passa de um desenvolvimento das faculdades humanas. Um Espírito Protetor.(Paris, l863.)

    KARDEC, Allan. O Evangelho Segundo o Espiritismo. FEB. Capítulo 19. Item 12.
    FORMATAÇÃO E PESQUISA: MILTER - 06.11.2016

    ResponderExcluir

Deixe para nós o seu comentário para este assunto ?

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

TRANSLATION

ESTATÍSTICA

Curta nossa Fan Page !


ACCESS DIGITAL PRODUCTS

ACESSAR PRODUTOS DIGITAIS

Para baixar e-books grátis, basta se cadastrar abaixo: você receberá no seu e-mail um link para fazer download.

Digite seu E-mail:

Delivered by FeedBurner

Deixe Aqui o seu Pedido de Oração

Labels